Núcleo de Empreendedorismo Juvenil é realidade em Montes Claros
08/08/2018 - 10h06 em Novidades

Aula inaugural contou com a presença dos alunos, empresários e entidades parceiras

 

Por meio de uma parecia entre o Sebrae Minas, Escola do Sebrae, a Fundação Educacional Montes Claros (FEMC) e a Novo Nordisk, foi realizada na última segunda-feira (06/08), em Montes Claros, a aula inaugural do Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (EFG NEJ). Participaram do evento, além de representantes das entidades parceiras, empresários, representantes de instituições públicas, professores e os alunos selecionados para a primeira turma. Houve ainda apresentações artísticas do Projeto Juventude Cidadã, e palestras com o ex-aluno da EFG/NEJ e empreendedor Thiago Alves, e com Rodolfo Nogueira, o “fotógrafo de dinossauros”.

 

A proposta da escola é oferecer formação empreendedora, por meio do curso técnico em Administração gratuito, para jovens da rede pública de ensino. O curso, com a primeira turma de 30 alunos, irá funcionar na Fundação Educacional Montes Claros (FEMC). Todos os professores foram capacitados na metodologia da Escola do Sebrae. A expectativa a partir de agora é que novas empresas apoiem a iniciativa e colaborem para a formação de novas turmas.

 

O papel da escola na formação dos jovens estudantes foi destacado pelo Superintendente do Sebrae Minas, Afonso Maria Rocha. “Esse projeto que visa atender jovens de 16 a 24 anos, oriundos de escolas públicas e preferencialmente de áreas de risco, tem por objetivo fazer uma transformação na vida deles por meio da educação empreendedora. Aqui eles irão aprender coisas grandes, vão ter contato com empresários, mas acima de tudo, serão formados para serem cidadãos do mundo”, ressaltou.

 

Para o presidente do Conselho de Administração da FEMC, Ariovaldo de Melo Filho, as características do projeto se encaixam perfeitamente nos propósitos da FEMC. “Nosso foco sempre foi atender jovens carentes, mas sozinhos não teríamos condições de bancar o curso, por isso estamos nessa parceria com o Sebrae e a Novo Nordisk. Temos certeza do sucesso dessa iniciativa e acreditamos que mais empresários entenderão a importância desse curso e irão somar forças para criação de novas turmas”, enfatizou.

 

Marcelo Zuculim, vice-presidente da Novo Nordisk, destacou que a empresa acredita no sucesso do projeto. “Apoiamos essa ideia porque desde o início entendemos e acreditamos na importância do projeto para esses jovens. Eles precisam de oportunidades e mudanças, e elas surgiram. Vamos formar empreendedores e empregadores, pessoas que irão fazer a diferença no mundo”, destacou.

 

Expectativa

 

Pedro Henrique Rodrigues Cardoso, 20 anos, morador do bairro Jardim Eldorado, é um dos 30 alunos da turma inicial da EFG NEJ em Montes Claros. Ele conta que é grande a expectativa em relação ao curso. “Passei por todas as etapas para entrar no projeto e tenho certeza que esse curso será minha entrada no mercado de trabalho. Sempre fui muito curioso, e quero sempre aprender mais, é isso que eu busco para minha vida”, afirmou. Pedro Henrique contou que foi aprovado em um curso de administração de uma faculdade particular, mas não teve condições de pagar as mensalidades.

 

Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (EFG NEJ)

 

Em Belo Horizonte, o Núcleo de Empreendedorismo Juvenil é um projeto social da Escola do Sebrae de Formação Gerencial (EFG), em parceria com o Governo de Minas, e nasceu com a proposta de formar jovens na área de gestão de empresas, desenvolvendo competências empreendedoras e conhecimentos de administração. Para ingressar, o jovem precisa estar cursando o 3º ano ou ter concluído o ensino médio na rede pública de ensino, ter idade entre 16 e 24 anos e ser aprovado no processo seletivo. O curso é gratuito e tem duração de um ano. O projeto foi fundado em 2010 e, até então, já formou mais de 1.500 jovens empreendedores na capital e na região metropolitana.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!