Escolas municipais de Montes Claros participam de projeto de preservação do patrimônio cultural
12/04/2018 - 8h18 em Novidades

Texto e Fotos: Educamoc

 

Com a proposta de incentivar pesquisas e promover a conscientização e a preservação do patrimônio cultural local, o Programa "Revelando o Patrimônio", promovido pela Compreender Consultoria e Responsabilidade Social em parceria com o Ministério da Cultura, com patrocínio da VLI e apoio das prefeituras, desenvolveu em 2017 ações de pesquisa sobre o patrimônio cultural junto à comunidade escolar em cinco municípios mineiros, incluindo Montes Claros, que participou com nove unidades escolares, sendo seis da rede municipal. 

Em continuidade às ações deste Programa, foi realizado na semana passada, no CAIC do Maracanã, um encontro para a entrega dos "Catálogos", uma publicação que apresenta os artigos pedagógicos produzidos pelos professores das escolas participantes. 

“As nove escolas públicas de Montes Claros pesquisaram sobre a cidade e o seu patrimônio cultural, de modo a investigar sobre a relação com os elementos integrantes do ambiente que a compõe. Cada escola escolheu um tema de interesse relacionado à localidade onde está inserida e desenvolveu uma pesquisa orientada metodologicamente conforme a teoria freireana, ou seja, que o conhecimento construído faça sentido para cada participante”, explica a coordenadora do projeto e representante da Compreender Consultoria e Responsabilidade Social, Luana Campos.

A pesquisa

A pesquisa contou com um formato que privilegia tanto a sala de aula como a pesquisa de campo e, para ambos, contou com o suporte material e teórico fornecido pela Compreender Consultoria em Responsabilidade Social. Aconteceram encontros presenciais e orientações à distância para os professores das escolas parceiras do Programa, entre agosto a dezembro de 2017.

A Escola Municipal Alcides Carvalho apresentou “os saberes e fazeres como economia solidária para a nossa comunidade: relato de experiência da própria escola”. A Escola Municipal Vidinha Pires centralizou seus estudos no Parque Municipal Milton Prates, como patrimônio da cidade de Montes Claros, montando um histórico daquele bem público. Já a Escola Municipal Geraldo Pereira de Souza investiu na pesquisa sobre a ferrovia no cerrado norte-mineiro. A Escola Municipal Mestra Fininha buscou revelar “saberes e fazeres na horta comunitária Ciro dos Anjos”. A Escola Municipal Professora Hilda Carvalho documentou a tradição de jogos e brincadeiras populares. E a Escola Municipal Rozenda Zane Moraes, do Planalto, assumiu um projeto de resgate da própria memória do educandário.

Com a participação de 400 alunos, o Programa ainda promoveu uma oficina de fotografia, com foco no desenvolvimento do olhar sobre o patrimônio cultural. 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!